Serviços Itinerantes são iniciados em novo formato para atendimento ao efetivo do interior

O evento Serviços Assistenciais Itinerantes, iniciativa da Fundação Tiradentes e da Polícia Militar do Estado de Goiás, por meio do Centro de Assistência Social (Caso) e Centro de Saúde Integral do Policial Militar (CSIPM), vivenciou sua primeira edição em 2018. Entre os dias 06 e 09 deste mês de novembro, aproximadamente 40 pessoas se deslocaram para o município de Posse para ofertar serviços ao efetivo do 13º Comando Regional da Polícia Militar.

A solenidade de abertura contou com palestras significativas sobre as unidades parceiras no evento. A Subchefe do Caso, Capitão Dyrlene Seixas, falou sobre a localização do Centro, a parceria com a Fundação Tiradentes, colocou seu efetivo à disposição para orientar a tropa sobre plano de saúde e demais necessidades, e pediu que qualquer vulnerabilidade de um militar seja comunicada ao Caso.

No que lhe diz respeito, a Fundação Tiradentes foi alvo da Diretora Financeira da instituição, Tenente-Coronel Claudia da Silva Lira. A diretora explicou de que maneira a Fundação ampara o policial e seus familiares, e o objetivo de implantar e promover atendimento social e de saúde. Reforçou que está sediada em Goiânia, mas que muitos benefícios podem ser solicitados por e-mail para que o beneficiário não deixe de usufruir mesmo estando no interior. E divulgou site e redes sociais para que todos possam acompanhar o trabalho da Fundação (www.tiradentes.org.br e @fundacaotiradentes).

No encerramento da solenidade, o Chefe do CSIPM, Tenente-Coronel Cleomar de Carvalho Santana explicou que a avaliação no CSIPM, da mesma maneira quando realizado no Hospital do Policial Militar (HPM), terá validade de 1 (hum) ano para fins de Quadro de Acesso, diversos cursos, Estágios de Adaptação de Sargentos (EAS) e Adaptação de Cabos (EAC), dentre outros. E que há um ano, acompanha os dados do militar para analisar a evolução da saúde do PM através de um software desenvolvido pela Fundação Tiradentes.

Como o último ato, o Coronel Jackson Luzo Conceição Araújo, anfitrião da regional, se mostrou lisonjeado por ter recebido a primeira edição do evento, mesmo sendo o CRPM mais longe da capital, segundo suas palavras. Valorizou a transparência nas despesas necessárias para esta organização e a mobilização de 40 profissionais na prestação dos Serviços Assistenciais Itinerantes. Reconheceu ainda a importância desta iniciativa para a tropa e as informações que todos receberam.

Veja o resultado desta primeira edição em números: 172 militares foram orientados na solenidade de abertura, 166 passaram pela avaliação do CSIPM, 17 foram atendidos pela Assistência Social, 61 foram vacinados contra gripe H1N1 e 58 estando com disponibilidade em ficha, receberam o fardamento em mãos.

Para 2019 novos Comandos Regionais receberão edição do Serviços Assistenciais Itinerantes. Continue acompanhando.

Além disso verifique

Fitness Center muda horários a partir de 18 de julho

O horário de funcionamento da Academia Fitness Center vai mudar a partir de segunda-feira, 18 ...