Laboratório Clínico do HPM comemora resultado de 2017

O Laboratório de Análises Clínicas do Serviço Multiprofissional, localizado no Hospital do Policial Militar (HPM), comemora o aumento de 10% na produtividade de 2017 se comparado ao ano anterior. No ano passado, o mês de maio foi o período de maior procura com 1.279 pacientes atendidos, sendo em 2016 o mês de março com 1.276.

O laboratório conta com profissionais militares, do quadro de saúde da PM, e civis, colaboradores da Fundação Tiradentes, altamente capacitados para cuidar dos policiais e seus dependentes, das 7h às 17h, de segunda a sexta-feira. Em um mesmo local, é possível encontrar uma variedade imensa de exames para atender as necessidades dos militares da ativa, que periodicamente precisam concluir avaliações, assim como para o acompanhamento dos tratamentos médicos dos demais pacientes.

Para se ter uma ideia dos números que compõem a produtividade de 2017, foram realizados 9.124 exames para diagnóstico do Diabetes Melito, 2.505 exames para triagem do câncer de próstata (PSA), 6.942 exames de perfil lipídico (Dislipidemias) e 5.389 exames para triagem de doenças relacionadas à Tireoide.

O Chefe do Serviço Multiprofissional da PMGO, Tenente Coronel Sérgio Nascente, avalia que comparando os dois últimos anos, “nós tivemos que o número de atendimentos pelo plano de saúde da categoria, o Ipasgo, foi próximo. Tivemos 300 pacientes a mais que 2016. Agora em relação ao atendimento de pacientes particular, em 2016 o laboratório atendeu 146 pacientes e em 2017 o número subiu para 946, ou seja, 800 pacientes a mais. Multiplicando por 7.9, média de exames por paciente, isso representa 6.300 exames a mais. Este é o principal motivo para aumento de pacientes e exames no exercício de 2017 e, somado a ele, temos as solicitações por meio do Centro de Saúde Integral do Policial Militar (CSIPM) com aumento igualmente de 10% em 2017”.

Lembrando que o atendimento no HPM é possível através do plano de saúde da categoria, onde a coparticipação é custeada com o recurso do Fundo de Assistência Social (Fas) administrado pela Fundação Tiradentes. Outra possibilidade, se o paciente não possui o plano de saúde, ou faz parte do grupo de dependentes (cônjuge, filhos, sogro, sogra, enteados, neto), o pagamento é realizado em cartão de crédito ou débito.

Serviço:
Laboratório Clínico Cel Vasco Martins Cardoso
Hospital do Policial Militar (HPM)
Av. Eng. Atílio Correia Lima nº 1.549, Cidade Jardim
(62) 3235-6138

Além disso verifique

Centro Odontológico abre inscrições para Odontopediatria

A infância é uma etapa muito importante da vida e que precisa de cuidado conjunto, ...