Gerência de TI celebra mais um aniversário desde a sua formação

A Gerência de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) completou na primeira quinzena de agosto, seu 4° aniversário desde a formação da atual gestão, iniciada após a posse do Diretor Presidente no ano de 2014. Durante essa jornada foram vários desafios, superações, conquistas e muita garra para cumprir com a missão departamental estabelecida pela instituição que é “prover soluções em tecnologia da informação e comunicação visando integrar as soluções técnicas de forma confiável e ágil agregando valor e inovação aos processos estratégicos.”

Na última sexta, 10, a equipe se reuniu com o Diretor Presidente para que este pudesse conhecer os integrantes da gerência, uma vez que a pouco tempo houveram novas contratações bem como inclusão de novos projetos, e para alinhamento das expectativas. É importante lembrar que o presidente possui formação na área e, portanto, é uma das que mais acompanha de perto. Por isto também, reforçou algo que vem sendo pauta com o corpo gerencial da Fundação: inovação, aprendizado e sustentabilidade.

Conheça brevemente a construção da TIC

Anteriormente à atual gestão, havia um único colaborador e empresa responsáveis por cuidar do suporte e segurança das informações, mas assim como a estrutura, demanda e serviços da instituição aumentaram, a equipe também aumentou. Hoje são 5 colaboradores e 6 terceirizados e há uma empresa que proporciona tudo aquilo que a tecnologia da informação necessita e espera, que são serviços que fiquem sempre disponíveis e que todos os incidentes sejam resolvidos dentro do prazo mínimo esperado.

Seguindo essa linha de aumento de demandas, foram aperfeiçoados e criados módulos dos sistemas internos, onde, o ft.net foi substituído pelo SAS (Sistema de Atendimento Social), focado basicamente no atendimento social. Porém, o SAS já ficou defasado e pequeno para as ambições e necessidades da Fundação, o que deu espaço ao surgimento do SIAG (Sistema Integrado de Atendimento e Gestão).

Atualmente, são 7 módulos em produção sendo eles: Atendimento Social (Guias do Ipasgo e Ajuda de Custo), Fardamento, Financeiro, CSIPM (Centro de Saúde Integral do Policial Militar), Comunicação, Carteira de beneficiários, SGQ (Sistema de Gestão da Qualidade – em desenvolvimento da segunda parte) e Atendimento Integrado (o mais recente módulo, iniciado em julho), com 125 usuários ativos. Sem contar que o próprio beneficiário tem a possibilidade de conferir os seus atendimentos e extratos de imposto de renda diretamente no site da Fundação Tiradentes.

Para que essas atualizações ocorressem, foram necessárias integrações com a SSP-GO (Secretaria de Segurança Pública) para se obter os dados dos beneficiários; com o Ipasgo, para obtenção dos dados das guias; e com o RM (nosso ERP de gestão), para baixas, processos e parte contábil e financeira.

Pensando em segurança e em uma gestão profissional, passamos a utilizar contratados de um fornecedor para conexão com a Internet, deixando de ter um serviço de Internet ADSL. A comunicação entre a sede, o Hospital da Polícia Militar (HPM) e a Faculdade da Polícia Militar (FPM) passou a ser feita através de VPN (rede de telecomunicação segura), seguindo as regras e melhores práticas da TIC. Passamos a utilizar dois tipos de backup realizados na Fundação e em cloud (nuvem). Passamos a utilizar, também, um sistema automatizado e sofisticado de anti-vírus, para proteger nossa rede interna e os acessos não autorizados, visando proteger nossas informações. Implantamos um novo serviço de Helpdesk (sistema de chamados), mais fácil e simples de abrir chamados.

Implementamos e implantamos também o sistema NPS – Net Promoter Score, uma nova forma de comunicação entre instituição e beneficiário, onde após o termino de cada atendimento, o beneficiário recebe um SMS para que seja feito a avaliação (com nota de zero a dez) de acordo com a satisfação do seu atendimento. Isso reflete em uma experiência em que visamos atender e superar às necessidades do beneficiário e visa também a constante busca por melhorias.

Na FPM, está sendo concluída a instalação e implementação de um serviço corporativo de Wi-Fi, para que alunos, professores e colaboradores possam utilizar todas as ferramentas que o ensino atual exige.

O que ainda está por vir

Atualmente, a Gerência TIC está trabalhando em diversas frentes, como por exemplo, início do módulo da Junta Médica; inovação dos serviços prestados, possibilitando que o militar faça algumas solicitações diretamente de suas casas, utilizando um atendimento virtual; alteração do Fardamento seguindo o Planejamento Estratégico da Fundação; integração com o sistema Multilab (sistema laboratorial), possibilitando que o atendimento seja mais rápido e com menos possibilidade de erros; utilização por toda a instituição da ferramenta Office 365; implantação de boas práticas e serviços de gestão que possa melhorar a experiência do usuário, refletindo numa melhor forma de trabalho e ganhando em produtividade.

A Fundação Tiradentes tem investido pesado em Tecnologia e não tem medido esforços para buscar sempre os melhores parceiros. Contamos com empresas renomadas e grandes profissionais, que garantem serviços de qualidade e confiança. Ainda há muito a ser feito e há muito o que melhorar, mas a busca dessa melhoria é contínua e por isso contamos sempre com a colaboração e apoio de todos.

Além disso verifique

PMGO promove evento sobre Prevenção ao Suicídio

Na manhã da última sexta (14) o Grupo de Epidemiologia e Pesquisa (GEP) da Polícia ...